Destaques
Busca por Tags
Últimas notícias

Sabemi lança programa de parcerias com startups

Com inscrições abertas, o Inova busca construir alianças estratégicas com insurtechs e fintechs, fomentando a inovação aberta e disruptiva.



A Sabemi, uma das principais seguradoras do Brasil, lançou nesta semana o Inova, Programa de Inovação Aberta e Disruptiva, que busca conectar startups às estratégias de negócio da companhia. A iniciativa tem por objetivo possibilitar trocas que promovam inovação e projetos disruptivos, de modo a alavancar o crescimento de fintechs e insurtechs e, ao mesmo tempo, fortalecer os objetivos de médio e longo prazo da Sabemi.


Inspirado no mindset das startups, o programa busca agregar valor à seguradora, trazendo a inquietude de promover inovações no negócio. O Inova é estruturado a partir de quatro pilares centrais: eficiência operacional, aumento de receita, melhor experiência do cliente e otimização e personalização da oferta de produtos. Para se candidatar ao programa, as startups devem preencher o formulário disponibilizado no site da Sabemi e preparar um pitch de 10 minutos para o Speed Dating, encontro virtual para apresentação das startups.


"A Sabemi é uma empresa sólida, com quase 50 anos de mercado, mas tem alma de startup. O programa Inova faz parte da esteira de transformações que iniciamos em 2020 na companhia para estarmos sempre alinhados ao mercado e às inovações do mundo digital, explica Marcia Ferla, Head de Marketing da empresa.


Por isso, o Inova tem o olhar voltado às fintechs e insurtechs, modelos de negócio em constante crescimento no Brasil. Segundo dados do Distrito Dataminer, atualmente, o país conta com 876 fintechs em atividade, sendo que, em 2020, as empresas captaram cerca de 1,9 bilhão de dólares. As insurtechs, por outro lado, constituem modelo mais incipiente no país. Essas startups, voltadas para o mercado de seguros, estão muito presentes em São Paulo. No total, há 113 insurtechs no Brasil, e 52% delas estão no estado de SP, conforme pesquisa da FIA - KPMG.


Fonte: Ank Reputation

Tags: