Destaques
Busca por Tags
Últimas notícias

Novo podcast da AIG discute os riscos e tendências da inovação

Faixa bônus da série de podcasts Negócio Seguro AIG Play traz case de inovação no transporte para ilustrar comportamentos e negócios na próxima década


O que esperar dos próximos anos, quando 2020 trouxe um cenário inusitado de pandemia que impactou não só o sistema de saúde mundial, mas também economia e as mais pessimistas das previsões? Para discutir tendências em inovações e como inserir a gestão de riscos a fim de evitar surpresas impensáveis, a série de podcasts Negócio Seguro AIG Play traz uma faixa bônus com convidados especiais que passam o dia a dia pensando no futuro: Beia Carvalho, palestrante futurista e fundadora do think tank Five Years From Now, e Ricardo Penzin, diretor da Hyperloop TT para o Brasil e América Latina. Para acompanhá-los na conversa, Fabio Protasio Oliveira, CEO da AIG, Gustavo Camussi, Especialista em Marketing Digital e Redes Sociais da empresa.


Segundo a consultoria global de marcas Interbrand, apenas nos últimos 10 anos, a sociedade pôde experimentar o equivalente aos avanços dos 20 mil anos anteriores. E as possibilidades são infinitas! Um exemplo é o case da Hyperloop, apresentado pelo executivo da empresa, neste podcast. Idealizado para revolucionar o mercado de infraestrutura e mobilidade, o Hyperloop nasceu de um processo de inovação aberta a partir de uma iniciativa do empresário Elon Musk. A proposta é ter uma equipe não de funcionários, mas de "contribuidores" espalhados pelo mundo todo para viabilizar um novo modal de transporte. "Estamos falando de um sistema de transporte que se locomove a uma velocidade máxima de 1.200km/h, sem usar nenhum combustível fóssil, sem poluir. Uma viagem do Rio a São Paulo, por exemplo, duraria 20 minutos", explica Ricardo Penzin.


Preocupação com o meio ambiente, relações de trabalho mais independentes e novas ideias para pensar a sociedade de forma mais igualitária e com qualidade de vida são assuntos recorrentes e que pautam empresas disruptivas como a Hyperloop. Mas, segundo Beia Carvalho, eram temas ainda discutidos em fóruns mais restritos, o que deve mudar após este ano de 2020. "Nós vivemos as duas primeiras décadas do século XXI ainda com a mentalidade do século XX. Precisou vir uma situação de saúde e evitar contaminações para que recursos como ‘deliveries’, reuniões à distância e trabalho de casa se tornassem uma realidade mais generalizada. Em nível mundial, conseguimos que muito mais empresas e indivíduos se familiarizassem com a tecnologia. Estamos mais bem preparados para os desafios e novidades que virão na nova década 21-30", opina Beia.


Em complemento a essa análise, Fabio Oliveira, líder da AIG no Brasil, reforça a importância da busca do conhecimento para estar atualizado e acompanhando as tendências, e também analisa o setor de Seguros e Gestão de Riscos frente às novidades que estão por vir. "Como as seguradoras, que avaliam os riscos e precificam os riscos, podem contribuir para estimular a disrupção? Elas podem ser importantes aliadas ao identificar riscos e serem parceiras desde o início da ideia, numa fase pré-operacional, ainda como startups", afirmou o executivo.

Confira a íntegra do episódio especial "Os Riscos da Inovação", faixa bônus da série Negócio Seguro AIG Play nas principais plataformas de streaming, ou diretamente pelo blog Negócio Seguro AIG .


Fonte: CDI Comunicação


Tags: