Destaques
Busca por Tags
Últimas notícias

Medicina baseada em valor

Grandes especialistas discutem o tema em webinar promovido pela FenaSaúde e o Ibravs


Atualmente, nesse cenário de pandemia, intensificou-se a preocupação em implementar novos modelos de remuneração de serviços em saúde. O pagamento por serviços (“fee for service”), predominante no setor, tem sido ineficaz para combater a alta dos custos e não garante a efetividade do tratamento do paciente.

Além disso, o crescimento da demanda, os desperdícios, a escassez de recursos, reforçam a necessidade de mudanças urgentes para manter o sistema sustentável.

Com o objetivo de apresentar soluções para os entraves provocados por um sistema de remuneração ineficiente, a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), em parceria com o Instituto Brasileiro de Valor em Saúde (Ibravs), vai reunir no dia 1º de outubro três principais especialistas e estudiosos para participarem do webinar “Transição Para Medicina Baseada em Valor”.

César Abicalaffe, presidente do Instituto Brasileiro de Valor em Saúde (Ibravs); Denizar Vianna, ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde e doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da UFRJ; e André Médici, economista especialista em financiamento público e privado em saúde, irão debater sobre os caminhos que levam à valorização dos resultados clínicos dos pacientes a um custo mais compatível do que os atuais.


O debate terá inicio às 18h e a moderação será de Vera Valente, diretora executiva da FenaSaúde.


Inscrições pelo link https://cutt.ly/9fEZiZZ.

O webinar também poderá ser acompanhado pelo canal da FenaSaúde no Youtube (/FenaSaudeCanal)

Fonte: FenaSaúde

Associação Paulista dos Técnicos de Seguro

Largo do Paissandu, 72 - 17° andar Cj. 1704

São Paulo - SP - 01034-901

apts@apts.org.br

Páginas oficiais

  • YouTube
  • Wix Facebook page
  • LinkedIn ícone social
  • Wix Twitter page

Copyright © 2014 APTS. Todos os direitos reservados.  Política de privacidade.