Associação Paulista dos Técnicos de Seguro

Largo do Paissandu, 72 - 17° andar Cj. 1704

São Paulo - SP - 01034-901

apts@apts.org.br

Páginas oficiais

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page

Copyright © 2014 APTS. Todos os direitos reservados.  Política de privacidade.

Destaques

Inovação não precisa ser disruptiva

09/11/2019

1/1
Please reload

Busca por Tags
Please reload

O adeus ao fundador da APTS, Luis López Vázquez

02/10/2017

Ele construiu uma trajetória de trabalho dedicada ao desenvolvimento técnico do mercado seguro, que jamais será esquecida.

 

 

Hoje, 2 de outubro de 2017, o mercado de seguros amanheceu mais triste. A dois dias de completar 82 anos de idade, Luis López Vázquez partiu. Nos últimos anos, ainda lutando bravamente contra a Doença de Parkinson, ele se tornou um exemplo de perseverança ao frequentar os eventos do setor, às vezes de cadeira de rodas, às vezes com andador. Gostava de reencontrar os amigos e de se pronunciar ao microfone, ainda que a voz prejudicada pela doença impedisse que todos o entendessem. Dizia sempre que sua vida era o seguro e que se sentia realizado ao lado dos amigos.

 

 

Figura dócil, Vázquez era um verdadeiro cavalheiro. Inteligente e idealista, defendeu com maestria inúmeras teses, como a independência dos corretores de seguros; a preservação da prática técnica em seguros; a união das entidades do setor; e o subsídio do governo para a viabilização do microsseguro, entre outras. Corretor de seguros, ele fez diferença em sua trajetória na vida associativa, com passagens pela diretoria do Sincor-SP, da Sociedade Brasileira de Ciências do Seguro, mentoria do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo e a presidência da Associação Paulista dos Técnicos de Seguro, entidade que fundou para defender a técnica de seguros e a disseminação do conhecimento técnico no setor. A APTS é, sem dúvida, o seu maior legado.

 

Mas, a sua história no setor de seguros começou em maio de 1954. Nossa época, chega ao país o jovem espanhol de 19 anos, em busca de oportunidade no mercado de trabalho. Certamente, naquela ocasião, ele jamais poderia imaginar que, em terras brasileiras, sua história seria escrita para sempre na galeria dos grandes nomes que atuaram em prol do desenvolvimento do seguro. Aliás, no seguro, Vázquez começou por acaso. Meses depois de sua chegada, falando regularmente o português, eis que decide atender ao anúncio dos classificados, que solicitava profissionais com determinadas qualificações.

 

A empresa em busca de profissionais era nada menos do que a Ajax Corretora de Seguros, uma verdadeira potência que naquele tempo dominava o maior ramo de seguro, o incêndio. Concorrendo com outros profissionais, para conseguir o emprego, ele deveria passar pelo teste da redação. Como fazer se mal falava o idioma? Não fosse a generosidade de Roberto Rondon, então presidente da Ajax, talvez a história tomasse outro rumo. Sem perda de tempo, permitiu que o jovem estrangeiro escrevesse sua redação em espanhol mesmo, afinal, lembrou que seu avô, Marechal Rondon, era descendente de uruguaios.

  

Na técnica de seguro incêndio, Vázquez aprofundou seu conhecimento nessa época pelas mãos de Jayme Menezes (que mais tarde viria a fundar a Delphos). Todos os dias pela manhã, durante dois meses, Menezes lhe ministrou aulas de técnica de seguro, preparando-o para conduzir o departamento de incêndio da Ajax. Oportunidade e determinação fizeram o jovem Vázquez galgar rapidamente os mais altos pontos da empresa. Depois de construir uma bela carreira na Ajax, em 1961, ele fundou a Expert Corretora de Seguros e mais tarde a Eleven Corretora de Seguros.

 

 

Na década de 80, a inflação alta e baixos investimentos em produção emperravam o desenvolvimento do seguro, desvalorizando a técnica de seguros. A insatisfação tomava conta dos técnicos de seguros – entre eles o já experiente Vázquez. Inspirado no exemplo de outras categorias que atuavam no mercado, como médicos, engenheiros e advogados, que contavam, cada qual, com a sua respectiva associação, ele pensou que também os técnicos poderiam ter uma entidade. Com essa ideia em mente, Vázquez começa a lançar as sementes no mercado para fundar uma associação de técnicos de seguro. Nascia assim um ideal.

 

 

Em abril de 1983, Vázquez fundou a APTS e a presidiu por diversas gestões. Sob seu comando, a entidade realizou grandes eventos e inovou com os eventos do meio-dia, disseminando o conhecimento técnico para várias gerações de profissionais. Em setembro de 2015 ele concluiu sua última gestão. Osmar Bertacini, seu sucessor, fez questão de reconhecer a importância do seu trabalho na entidade, nomeando-o para o cargo de Presidente Emérito.

 

Com a morte de Vázquez, o mercado de seguros perde um dos seus grandes ícones. Defensor incansável do desenvolvimento técnico do mercado de seguros, seus ideais permanecerão vivos na memória de todos que o conheceram e servirão de exemplo e inspiração para as novas gerações. Que ele tenha muita luz em sua nova jornada.

 

 

Please reload

Últimas notícias
Please reload