Associação Paulista dos Técnicos de Seguro

Largo do Paissandu, 72 - 17° andar Cj. 1704

São Paulo - SP - 01034-901

apts@apts.org.br

Páginas oficiais

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page

Copyright © 2014 APTS. Todos os direitos reservados.  Política de privacidade.

Destaques

Cumprimento dos contratos diante da pandemia de covid-19

03/04/2020

1/1
Please reload

Busca por Tags
Please reload

Planos de pensão administrados pelas seguradoras cresceram 1,67% até setembro

(Espanha)
 
As seguradoras administravam, em 30 de setembro passado, poupança de seus clientes no valor de 203.618 milhões, numero 1,67% superior ao do ano anterior. Destes valores, 164.603 milhões correspondem a produtos de seguro de vida, 0.42% menos que em setembro de 2014, e os restantes 39.015 milhões constituem o patrimônio de planos de pensões confiadas a gestores de entidades do setor, importância que cresceu quase 12% ao ano, segundo dados coletados pelo ICEA e dadas a conhecer ontem pela UNESPA.
 
 
Em 30 de setembro, os prêmios em seguros de vida aportavam 14.609,19 milhões da reserva matemática do ramo, aos que se somam 4.522.3 milhões de juros e atualização. Ao contrário, restaram ao volume final de poupança 9.140 milhões em resgates e 10.642,7 milhões em prestações.O número de reservas de previdência privada totalizam 159.267 milhões, 0,42 menos, um comportamento estável do componente individual que cresceu 0,14% nos recursos dos planos administrados de 121.561 milhões, enquanto que o coletivo renderam 2,19% nos primeiros noves meses do ano, em 37.706 milhões.
 
Quase 600 milhões em SIALP
 
A UNESPA informa que os planos de poupança 5 o SIALP, nascido com a última reforma fiscal, somam em provisões técnicas o valor de 565 milhões. Até setembro, 260.393 pessoas haviam contratado uma apólice com estas características. Mesmo assim, foi destacado o comportamento dos PIAS, que alcançam os 7.370 milhões de euros de poupança administradas e registram um crescimento de 19% ao ano. Já os PPA, com 12.184 milhões, apresentando uma queda anual de 6,3%.
 
Os prêmios de vida cresceram 6,8%
 
Por outro lado, os ingressos de prêmio de seguros de vida cresceram entre janeiro e setembro 6,75%, em 2.855 milhões. “A força desta linha de negócio se deve, em parte, a reativação do crédito hipotecário e ao financiamento de consumo”, comenta UNESPA.
 

 

Tradução: Cirlene Silva Siqueira

Please reload

Últimas notícias
Please reload